Tire as suas dúvidas sobre Infecção Urinária na Mulher

Tire as suas dúvidas sobre Infecção Urinária na Mulher

Você sabia que metade das mulheres poderá ter, pelo menos, um episódio de Infecção Urinária em algum momento da vida?  

Entre as principais causas, está a anatomia feminina: a uretra feminina é reta e mais curta que a uretra masculina, facilitando a entrada e migração de bactérias para a bexiga urinária.

Além disso, a uretra – canal que leva a urina da bexiga até o meio externo, na mulher, é exteriorizada na região da vulva, próximo à vagina e ao ânus.

A curta distância entre a uretra e o ânus, facilita que bactérias entrem pela uretra e se instalem na bexiga.  

A bactéria mais comum da Infecção Urinária na Mulher é a Escherichia coli, que é um microrganismo comum no intestino, mas que, quando se instala na bexiga, produz a Infecção Urinária.    

O que é Infecção Urinária?

A Infecção Urinária, também chamada de Infecção do Trato Urinário – ITU, é um quadro infeccioso que pode ocorrer nos órgãos do trato urinário, principalmente bexiga e rins.

Quando a bexiga é afetada, o que ocorre com mais frequência, a infecção urinária é chamada de Cistite, e quando os rins também são afetados, ocorre a Pielonefrite, que é um tipo de infecção urinária mais grave.

Como posso saber se estou com infecção urinária?

Existem alguns sinais e sintomas que podem alertar a mulher sobre a possibilidade de estar com uma infecção urinária.

Sinais e sintomas mais frequentes da infecção urinária:

dor ou ardência ao urinar;

– sensação de urgência para urinar;

– aumento do número de vezes que vai ao banheiro urinar;

– urina escura;

– urina com odor forte;

– dor no “pé da barriga”;

– incontinência urinária.

Vale ressaltar que, no caso da Pielonefrite, surgem também outros sintomas como dor lombar, febre, calafrios, náuseas e vômitos.  

Como são o diagnóstico e o tratamento da Infecção Urinária?

Caso ocorram algum destes sinais e sintomas, você deve procurar imediatamente um serviço de saúde para o correto diagnóstico e tratamento.

O diagnóstico médico consiste na avaliação dos sinais e sintomas, e dos exames laboratoriais como exame de urina e sangue, que podem confirmar a presença de uma infecção.

Destaque para a Uretra


Além disso, um exame de imagem como Tomografia ou Ultrassonografia pode ser solicitado, para identificar possíveis anormalidades no Sistema Urinário.

No tratamento da Cistite, antibióticos, analgésicos e hidratação, frequentemente resolvem o quadro.

O médico vai indicar qual o antibiótico adequado para cada caso.

Quando o diagnóstico for de Pielonefrite, o tratamento é mais prolongado e pode ser necessário a internação hospitalar.

É possível prevenir a Infecção Urinária?

Sim, é possível prevenir a Infecção Urinária na mulher. Você pode começar com:

1) Hidratação

Beba água com frequência, contribui para a saúde como um todo.

Além disso, faz com que a mulher urine com mais frequência, o que ajuda a expelir bactérias que possam ter alcançado a bexiga.

2)    Não segurar o xixi:

Muitas mulheres têm o hábito de segurar a urina.

Ou seja, demorar para ir ao banheiro urinar, mesmo que esteja com a bexiga cheia.

Este hábito deve ser evitado, porque o xixi parado por muito tempo na bexiga facilita a proliferação de bactérias.

Por outro lado, urinar funciona como uma lavagem da bexiga, e auxilia na eliminação das bactérias.

3)    Higiene íntima:

Lembre-se sempre que a higiene da mulher, após urinar ou evacuar, deve ser feita de frente para trás, ou seja, iniciar a limpeza na região da vulva e terminar na região do ânus, nunca o contrário.

Esta medida evita que, durante a higiene, bactérias do intestino sejam “carregadas” para a região da uretra feminina, o que poderia facilitar a infecção urinária.

Portanto, comece agora!

Beber água, não segurar a urina e fazer higiene íntima no sentido correto, são algumas medidas simples que podem ser incluídas no seu dia-a-dia.